Imagem capa - Uma foto com sentimento por Daisy Evaristo

Uma foto com sentimento


Sempre que tenho uma sessão, crio uma imagem mental de uma cena que gostaria de fazer.

A idéia surge de uma mistura da minha experiência de vida e do estilo  do cliente. Nem sempre consigo concretizá-la. Isso porque fazer um bom retrato não é tão fácil assim! Ao ver uma imagem pronta, não conseguimos mensurar tudo que foi preciso ser feito até o resultado.


E retratar crianças exige um pouco mais de todos, indo muito além de produção (roupas, accessórios e tudo mais)! A mamãe e o papai, cuidaram antecipadamente para que o bebê estivesse bem alimentado, confortável, e sem sono. Após isso, vem o esforço para participar lindamente da cena.


Uma foto precisa muito além de técnica e direção para ter um resultado expressivo.


E quando digo expressivo, quero dizer uma imagem que faça você querer sorrir, ou até se emocionar. Ou ainda como já ouvi, 



O que é aquele bebê que você fotografa!? Dá até vontade de ter um!!


Isso é demais né! E esse sentimento só é possível porque nos conectamos com a cena retratada na imagem, através do sentimento, da expressividade, da emoção.


Mas, nem sempre o bebê está sorridente, tudo bem. Também não estamos assim o tempo todo. Se o seu bebê não sorrir no dia da sessão, não fique desapontado, eles também lindos sérios!


No caso dessa foto, foram várias tentativas até chegar nesse resultado.


Deu certo, graças ao papai paciente, que fez uma pequena série de levantamento de bebê rs, e da fofura da Carmel que adora uma bagunça! 


Editando depois, até me emocionei! O olho no olho, o sorriso gigante dos dois! Lindo de ver!


É tão importante para o crescimento emocional ter o pai presente. As brincadeiras, o cuidado, a proteção, o amor. E daqui a 20 anos, ou menos, quando Carmel for adulta, ela vai ver essas fotos e poder sentir a presença desse amor gigante.


E essa memória estará la para sempre!


Muito obrigada Samir e Ana por essa incrível oportunidade!

Vocês são muito especiais!

Grande beijo!